pousadapousada
O Surf
english
english

 

HISTÓRIA DO SURF EM ITACARÉ

 

O Surf chegou a Itacaré nos anos 70, levado por pioneiros surfistas baianos de Ilheus e Salvador que procuravam locais com ondas boas para a pratica do surf. Dentre estes surfistas havia um grupo de Salvador que já havia surfado nas ondas do litoral norte baiano e tambem nas ondas do sul do estado.

Mas faltava descobrir um lugar especial onde as ondas fossem mais fortes e mais perfeitas. Após observarem um mapa e visualizarem a foz do Rio de Contas , decidiram fazer uma expedição para a região.

Joaca_Cly
Seu Joaquim e Cly Loylie no Costa

foto: Jaime Matos- 1976

Praia_Joaca_70
Praia de Joaca- foto: Cly Loylie- 1976

O grupo se embrenhou pela estrada repleta de pedras e buracos que serpenteava pela mata e, após horas de viagem, acreditavam estarem perdidos já que em momento algum haviam visualizado o mar. Então que, repentinamente, surgiu a foz do Rio de Contas e a cidade de Itacaré encravada entre o oceano e a mata atlântica.

Cly_Loylie
Cly Loylie -Tiririca - foto: arquivo Cly

 

Quando finalmente chegaram a praia da Concha, perceberam que ondas perfeitas quebravam atrás do quebra-mar. Eles não podiam acreditar na perfeição e tamanho das ondas. O visual das matas e o clima peculiar revelaram que ali era um lugar especial e , após dias surfando essas ondas maravilhosas ,voltaram a Salvador e contaram a alguns outros surfistas o que haviam encontrado.

 

Entre esses pioneiros de Salvador estavam Carlos e Mario Suarez, Hernane Castro, Carlos Paulista, Mario Cabral Filho e Cly Loylie, que na época era um dos melhores jovens surfistas do estado.

Ronaldo_Fadul
Ronaldo Fadul na Tiririca - foto: Cly Loylie

 

Cly, ao voltar para Salvador, contou ao seu amigo  Ronaldo Fadul  a descoberta que havia feito. Ronaldo Fadul , Cly Loylie e o surfista de joelho Ricardo Gaucho partiram então para Itacaré. Algum tempo depois Ronaldo Fadul, um dos melhores surfistas baianos da época, seguiu para viver definitivamente em Itacaré perto daquelas ondas mágicas que havia encontrado.

 

As constantes viagens que esses e outros pioneiros, dentre eles Jaime Matos (Salvador) e Cezar Falcão (Ilheus), faziam para Itacaré e a decisão de Ronaldo Fadul de viver na região motivaram outros surfistas rumo ao, já naquela época denominado, "Hawaii Baiano". Aos poucos mais e mais surfistas frequentavam Itacaré.

Surfistas locais como Caneta, Tubão, Bocais, Luizão, Carlinhos, Elias, Silu e outros começaram a surgir.

Os surfistas visitantes a principio acampavam em barracas nas praias e se hospedavam em casas de pescadores, pois não haviam pousadas e habitações especiais para turistas proximas as ondas.

Nessa época os surfistas tinham um padrinho em Itacaré. Seu Joaquim era o único habitante das praias
e recebia com carino aos surfists que se ecarinho aos surfistas que se embrenhavam mar adentro para surfar as potentes ondas.

Tubão
Tubão anos 80

Com seu jeito pacato e hospitaleiro, o "velho Joaca" , como se tornou conhecido, foi o amigo de todos os surfistas que visitavam Itacaré animando as noites estreladas com suas estórias e lendas. Aos poucos as pousadas foram surgindo e o fluxo de surfistas aumentando. diversos surfistas se mudaram para o municipio, buscando uma vida mais saudavel e ondas propícias para a prática do esporte.

Campeonatos de nivel local e estadual começaram a ser realizados na Praia da Tiririca. Foi criada a Associação de Surf de Itacaré (A.S.I) em 1989 e o turismo relacionado ao surf se tornou o principal vetor do renascimento economico de Itacaré.

 

Pousada Lawrence
Lawrence Surf House
Rua da Pituba I e II, Itacaré, Bahia, Brasil
Telef: (+55) (73) 3251-2049
(73) 981538169
Email: pousadalawrence@itacaresurf.com.br

Pág. Principal - Reservas On-Line

 

www.itacaresurf.com.br  está on line desde 19.04.2001